3 OPÇÕES DE EMPRÉSTIMO PESSOAL QUE COSTUMAM TER JUROS MAIS BAIXOS

O empréstimo pessoal é um tipo de crédito que pode ser feito por qualquer pessoa física – seja ele trabalhador, aposentado, pensionista, autônomo – e geralmente é realizado em bancos, financeiras e até lojas de departamentos.

Como não há tanta burocracia nesse tipo de empréstimo, o cliente não precisa comprovar a finalidade de aplicação do dinheiro, apenas é feita a análise de crédito e o mesmo é liberado.

Assim, listamos os empréstimos que costumam praticar juros mais baixos que os do rotativo do cartão de crédito e do cheque especial:

1.   CRÉDITO PESSOAL ONLINE

O empréstimo pessoal online tem juros mais baixos do que os cobrados em bancos e instituições financeiras físicas. Como não possuem altos custos com manutenções, conseguem conceder crédito de forma mais eficiente.

Apesar de que, devido a facilidade juros mais baixos, e menos burocracias, são bastante rigorosos antes de conceder o crédito e buscam ao máximo se cercar de informações para liberarem o dinheiro.

2.   CRÉDITO CONSIGNADO

A modalidade de empréstimo pessoal consignado é a mais indicada devido a ter os juros mais baixos do mercado. Como são descontados na folha de pagamento, os bancos tem garantias de que receberão o pagamento do empréstimo em dia. E assim conseguem negociar melhor do que os bancos que não tem essa segurança. Apesar de ser o mais indicado, nem todos tem acesso a ele.

São oferecidos apenas para aposentados e pensionistas do INSS ou empregados que possuem convênios com bancos que fazem esse tipo de empréstimo.

3.   REFINANCIAMENTO DO IMÓVEL

Apesar um alto risco, o refinanciamento do imóvel é uma opção de empréstimo pessoal com juros menores que, por exemplo, os do crédito consignado. Nesse empréstimo, o imóvel é colocado como garantia da dívida. O valor do empréstimo pode até ser bem alto e os prazos de pagamento podem chegar a 20 anos!